O que devemos considerar na hora de comprar um apartamento?

comprar um apartamento

Existem muitas coisas que devemos considerar na hora de comprar um apartamento, afinal, esse é um investimento de longo prazo, que custa caro e precisa ser muito bem pensado para que não haja um transtorno no lugar de algo que deveria ser positivo. Mas muitas pessoas não sabem quais são os itens mais necessários para serem levados em consideração na hora de fechar um negócio desse tipo e, por isso, no texto de hoje separamos alguns pontos que merecem sua atenção durante a negociação. Veja abaixo quais são eles!

Os 5 pontos a considerar na hora de comprar um apartamento

Quando falamos em comprar um apartamento, geralmente estamos falando de um negócio que é bastante expressivo e, por isso, precisa ser pensado com muita cautela. Mesmo para grandes investidores – que possuem muitos imóveis em diversas regiões do país –  é importante analisar com cuidado a compra que será feita para que ela traga, de fato, um retorno financeiro que valha a pena a médio e longo prazo. Abaixo, separamos os cinco pontos essenciais a se considerar na hora de comprar um apartamento, seja ele na planta ou pronto para morar. Vamos lá?


1- Analise a localização do apartamento

Muitos investidores iniciantes, que ainda não sabem como investir em um imóvel, podem acabar pensando na localização de maneira superficial, esquecendo que determinados bairros ou ruas tendem a valorizar com o passar dos anos. Mas é claro que simplesmente imaginar a valorização não é o suficiente e temos sempre que nos apegar a estudos e a opinião de especialistas, como os corretores de imóveis, para entender se determinada região onde você pretende investir pode ou não se valorizar. 

Quando falamos de imóveis, em geral, é muito mais negócio você comprar em um local que ainda está em fase de valorização, do que comprar um apartamento que já está em um bairro muito nobre e que, por isso, não tem muito mais o que ser valorizado em um curto período de tempo. Em resumo, você precisa entrar em contato com um corretor de confiança e que entenda bastante do assunto para fazer um negócio que seja inteligente no quesito localização. 

2- Analise o custo-benefício

Outro ponto importante que deve ser analisado por um investidor, é o custo benefício daquele imóvel. Pense da seguinte maneira: você resolve comprar um imóvel em um condomínio de luxo pronto para morar pensando que já vai poder aproveitar o aluguel como fonte de renda, por exemplo. Mas, na mesma localidade e com a mesma estrutura de condomínio, há outro imóvel na planta, que custa muito menos do que aquele que já está pronto e com poucas unidades disponíveis. 

O mesmo vale para o sentido inverso: um imóvel mais antigo localizado em uma região que tende a valorizar o que já está bem valorizada custa menos do que o imóvel novo e pode gerar a mesma renda com aluguel ou com a locação por temporada. 

Em ambos os casos, as compras são inteligentes, porque, ao comprar um apartamento, você precisa entender quais são seus objetivos com aquela compra e conversar com o corretor para que ele te passe o melhor negócio de acordo com essas informações. Às vezes, o que vale a pena para você é um perfil de apartamento, enquanto para outro investidor vale mais a pena optar por um perfil completamente diferente do seu. Nesses casos, o custo-benefício sempre dá a última palavra!

3- Pense na possibilidade de reforma

Se você decidir não comprar um imóvel na planta, pode ser que seja necessário pensar na possibilidade de reformar o apartamento para ter um retorno financeiro muito maior no futuro. Aqui, você precisa analisar o seu tempo, sua disponibilidade e sua paciência para lidar com uma reforma grande de apartamento. Se você tiver todos esses ingredientes que acabamos de citar, um apartamento antigo, porém grande, é capaz de trazer retornos financeiros de até 150% em poucos anos. Mais uma vez, o que vai bater o martelo aqui é o seu perfil de investidor. Como uma dica extra neste tópico, é interessante que você conheça seus limites, tanto financeiros quanto de personalidade. Quem quer retorno financeiro com menos trabalho tende a ganhar menos, porém,  muitas vezes o tempo também é dinheiro. Faça uma autoanálise antes de tomar essa decisão!

4- As condições de compra

De maneira geral, os investidores costumam comprar apartamento à vista ou por meio de parcelamentos com a própria construtora enquanto as chaves não são entregues. Porém, caso você precise financiar uma parte do seu imóvel, é importante pesquisar nos principais bancos do país quais possuem a menor taxa de financiamento. Isso vai ajudar bastante a economizar e garantir que o seu negócio realmente valha a pena a longo prazo. Sabe-se que, desde a pandemia de coronavírus, temos uma das menores taxas da história do financiamento de imóveis no Brasil.  Aproveite esse momento para fazer um bom negócio!

 Gostou das dicas que separamos hoje? Entre em contato conosco para que possamos te ajudar a encontrar o apartamento ideal para o seu investimento ou até mesmo para sua própria moradia. Comprar um apartamento é um trabalho árduo e que exige ajuda de pessoas especializadas e que conheçam bem o mercado e a região onde será feito o negócio. Para quem pensa em investir em Balneário Camboriú e entornos, entre em contato conosco para maiores informações de projetos incríveis na cidade! Até o próximo texto! 

Leia também

Conheça os imóveis à venda

Open chat
Você quer os melhores Imóveis?
Olá 👋
Como posso te ajudar?